Nosso Blog

5 estratégias de Employer Branding para empresas atualizadas

O que é Employer Branding? 

 

A tradução ao pé da letra de Employer Branding seria Marca Empregadora. Porém, o conceito desses dois temas são diferentes. 

 

Segue esse raciocínio! 

 

Employer Branding diz respeito aos esforços que sua empresa faz, de forma ativa, para atrair e reter talentos do mercado. Já a Marca Empregadora diz respeito às impressões, opiniões e pensamentos que os demais indivíduos possuem sobre sua marca, sendo assim um processo passivo

 

Em resumo, Employer Branding é o que você diz que sua marca é e Marca Empregadora é o que os outros dizem que sua marca é. 

Como você já pode ter imaginado, nosso objetivo é que o Employer Branding e a Marca Empregadora sejam iguais, ou seja, o que os outros pensam da nossa marca é o que nós gostaríamos que eles pensassem. 

 

Por exemplo, você pode oferecer a Universidade Corporativa como meio de atração e retenção, ou seja, uma forma de benefício para seu colaborador por consequência ele se sentirá motivado e performará mais, sendo ótimo para a empresa empregadora, e em troca o colaborador irá mostrar sua evolução no meio social, como exemplo, o compartilhamento de certificado personalizado nas redes sociais, isso fará com que o employer branding e marca empreendedora sejam iguais.  

 

Conseguiu entender? Já podemos utilizar a palavra: PERFEITO!

 

Minidicionário das estratégias de marketing voltadas a recursos humanos

 

EMPLOYER BRANDING 

 

Estratégia para promover a imagem de marca empregadora. Tem como pilar a EVP (employee value proposition), que é o conjunto único de vantagens que a empresa oferece. Colaboradores que compartilham o prazer de trabalhar na sua empresa contribuem para a divulgação da EVP, enquanto líderes reconhecidos como experts são um dos pontos da própria EVP.

 

EMPLOYEE ADVOCACY 

 

Programa formal para impulsionar o engajamento dos colaboradores e a promoção da empresa a partir de suas vozes, transformando colaboradores em advogados/promotores de marca.

 

THOUGHT LEADERSHIP/LIDERANÇA DE PENSAMENTO 

 

Estratégia que trabalha os líderes da sua empresa para que eles sejam conhecidos e reconhecidos pelo público geral e por seus stakeholders (parte interessada).

 

Por que employer branding é uma estratégia eficaz?

Provavelmente, você já percebeu a exaltação de muitas empresas jovens em relação à qualidade do trabalho. Essa é uma prova de que Employer Branding é uma prática que está totalmente em alta.

 

Mas o que faz com que um funcionário escolha trabalhar em uma empresa específica e não em outra? 

 

O salário é um fator, porém, não é o mais importante de todos. Em uma geração que prioriza o desenvolvimento pessoal e também aspectos como inovação na rotina e qualidade de vida, o Employer Branding é um diferencial competitivo para essas organizações no momento das conquistas de funcionários.

 

#Uma pesquisa chamada Employer Branding Essentials, do LinkedIn, mostrou que uma empresa com uma marca empregadora mais forte do que seus concorrentes tem uma redução, em média, de 43% no custo por candidato contratado. 

 

#Uma pesquisa InfoMoney buscou saber o custo exato de más contratações. De acordo com 27% dos empregadores norte-americanos, uma única má contratação custou mais de US$ 50 mil. Na Europa, essas contratações foram mais caras na Alemanha, onde 29% disseram que os custos chegam a US$ 65 mil, e no Reino Unido, 27% das empresas disseram que as más contratações custam mais que US$ 77 mil. Na China e na Índia, os custos são de, aproximadamente, US$ 48,5 mil e US$ 37 mil respectivamente. 

 

#Ainda sobre más contratações, essa mesma pesquisa mostrou que, no Brasil, 40% dos empregadores disseram que a má contratação impacta na perda da produtividade, 23% na moral dos funcionários, 21% na relação com os clientes e tempo e custo para recrutar e treinar outro funcionário. Desta forma, ao trabalhar o employer branding, a marca fica muito mais propensa a recrutar pessoas alinhadas à cultura, reduzindo a possibilidade dessas más contratações.

 

 

Existem milhares de motivos que mostram a importância de criar um Employer Branding. Separamos aqui algumas estratégias que podem ser utilizadas na sua empresa:

 

As estratégias de Employer Branding

 

Antes de mais nada…

 

Desenvolver um bom employer branding depende, principalmente, da construção de uma marca forte. Ou seja, é preciso que exista antes o desenvolvimento da marca com estrutura e essência. 

 

Contudo, existem algumas práticas estratégicas que podem começar a ser utilizadas hoje mesmo e podem oferecer alguns insights sobre o assunto. Confira essas 5 estratégias!

 

1. Tenha uma cultura organizacional forte

Uma identidade forte e bem construída é essencial para o desenvolvimento de uma boa estratégia de employer branding. Possuir uma cultura organizacional definida com valores, crenças e missão é a sustentação para a formação da marca empregadora. 

 

Dessa forma, antes de iniciar uma estratégia de employer branding é necessário possuir uma marca bem estruturada. Isso porque o employer branding é um tipo de comunicação da marca através das pessoas que trabalham com e para ela, colaboradores e gestores e até mesmo clientes.

 

Portanto, caso a cultura organizacional da empresa seja fraca ou inexistente, esse é o momento de começar a investir. 

 

2.Construa o hábito da réplica com os colaboradores

Colaboradores satisfeitos comunicam sua satisfação de forma pública, seja por meio das redes sociais ou por conversas informais. Isso mesmo, essa forma de comunicação espontânea e real contribui, e muito, para o desenvolvimento do employer branding. 

 

Mas isso só ocorre se houver uma verdadeira identificação entre marca e colaboradores, ou seja, apenas quando a organização tiver uma imagem e uma mensagem suficientemente forte e com aderência pública. 

 

Contar que você é feliz no que faz e no seu ambiente de trabalho atrai as pessoas para o reconhecimento da sua marca empregadora. Você provavelmente já deve ter ouvido como é maravilhoso trabalhar no Google ou na Netflix, não é? Pois então, quem diz isso são os próprios colaboradores, o que faz com que essas marcas sejam as mais requisitadas quando o assunto é trabalho e, por consequência, serviços.

 

Essa é a prática mais orgânica e eficaz de employer branding.  Portanto, é sempre importante se certificar que os seus colaboradores estão realmente satisfeitos dentro da sua empresa.

3.Compartilhe sua história

Essa é uma ferramenta muito interessante. É importante você contar a história da empresa para as pessoas. Isso pode acontecer de diversas formas. Com uma marca forte e com objetivos definidos, você poderá tranquilamente construir uma narrativa pública sobre a sua história e a história de quem trabalha com você. 

 

Qual é a trajetória da sua organização? Qual é a trajetória dos seus colaboradores?

 

Seja lá qual for a sua história, é importante torná-la pública, também como forma de reforçar a cultura organizacional.

 

4.Uma cultura de feedback é essencial 

 

O feedback é um modelo de comunicação estruturado de extrema importância. Isso porque através dele é possível entender os pontos fortes e fracos do seus colaboradores e como melhorá-los. 

 

Com uma cultura aberta de feedback, você terá a noção do todo da sua organização, assim como os seus colaboradores. 

 

 

O feedback contribui para o crescimento e aprimora ainda mais a imagem da marca empregadora.

 

5.Faça Onboarding para novos colaboradores

 

O onboarding é a ponte de entrada dos novos colaboradores na empresa. Ele é essencial porque ajuda a construir a identidade da marca junto com os novos colaboradores.

 

Em inglês, onboarding significa precisamente “embarcar”. Ou seja: mergulhar no contexto de uma organização.

 

Independentemente de qual for o porte da sua empresa — micro, pequena, média ou grande — o Onboarding é uma etapa extremamente importante. No onboarding há exatamente um processo de imersão, no qual os novos colaboradores passam a entender a fundo o que sua empresa faz, como faz, quais são os seus setores, quais são os seus objetivos, normas e o que você espera deles. 

 

O Onboarding é uma maneira de fazer com que o novo funcionário se sinta bem-vindo na empresa e comece com o pé direito para fazer o employer branding. 

 

Compartilhe
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Últimas Notícias